Elos Clube de Tavira

Junho 10 2010

 

 

MENSAGEM DA CE MARIA INÊS BOTELHO

 

Dia 10 de Junho acontecem inúmeras comemorações: Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. No Brasil, em 2 de Março de 1978, houve a publicação do Decreto Lei nº 30-B/78. Este Decreto Lei apresenta esse dia: "melhor que nenhum outro, reúne o simbolismo necessário à representação do Dia de Portugal e nele se aglutinam, em harmoniosa síntese, a Nação Portuguesa, as Comunidades Lusitanas espalhadas pelo mundo e a emblemática figura do épico e genial Camões."

 

Esta Presidência, pois, vem saudar a todos os portugueses que estão a habitar e a produzir neste solo tão significativo, contribuindo para o engrandecimento do Brasil, principalmente os nossos queridos companheiros elistas. Afinal, estão a favorecer o crescimento qualitativo e a expansão do Elismo, conforme desejou o CE Dr. Eduardo Dias Coelho.

 

Os companheiros fazem a diferença no quotidiano das acções elistas, inclusive porque ajudam a aumentar a corrente de simpatizantes em torno do "Movimento Elista", já Cinquentenário.

 

Tomo a poesia "Portugal", da elista Nina Tubino, do Elos Clube de Brasília (DF-BR), para valorizar a presente data:

 

" Portugal venceu o mar,

alargou os horizontes,

levou a fé ao Oriente,

navegou para o Ocidente.

 

Portugal deu-me raízes

lá no velho Continente

e da terra lusitana

tenho a dor de uma saudade.

 

Portugal deu-me a língua

que Camões enalteceu

e com ela faço versos

para o deleite meu."

 

Saudações elistas

 

CE Maria Inês Botelho - Presidente do Elos Internacional da Comunidade Lusíada e Directoria Internacional

 

 

NASCEM AS "LUSOFONIAS" EM OLIVENÇA

 

A Associação Cultural Além-Guadiana prossegue na defesa da cultura oliventina:

 

http://alemguadiana.blogs.sapo.pt/94560.html#cutid1

 

No próximo sábado, 12 de Junho, levar-se-á a cabo em Olivença a primeira edição das "Lusofonias", espaço dedicado à cultura do âmbito dos países de língua portuguesa.

 

As "Lusofonias" nascem com a vocação de ser um ponto de encontro e difusão das mais diversas manifestações culturais das quais poder fruir, vitalizando as raízes portuguesas de Olivença e fomentando a aproximação a Portugal e aos países de herança lusa.

 

Organizado pela associação cultural "Além Guadiana" com a colaboração da Câmara Municipal de Olivença, a Aderco (Associação para o Desenvolvimento Rural da Comarca de Olivença) e a Junta da Estremadura, terá lugar no Passeio Grande (antigo Terreiro do Chão Salgado) e contará com actividades de teatro, música, literatura e animação de rua, entre outras, que se desenvolverão durante todo o dia e até a meia-noite. Paralelamente e ao longo de toda a jornada, haverá uma zona expositiva reservada a artesãos, à gastronomia e a instituições do espaço lusófono, bem como trabalhos ao vivo e animação por parte de agrupações musicais de Portel.

 

Às 10:30 h proceder-se-á à inauguração das "Lusofonías" e a um simbólico ato de apresentação das placas em português das ruas mais antigas da localidade, cujos nomes ancestrais acabam de ser recuperados, um ato que vai contar com a presença do presidente das câmaras municipais de Olivença e Tálega, Manuel Cayado e Inmaculada Bonilla, de representantes políticos locais e do presidente da Junta de Extremadura Guillermo Fernández Vara.

 

A seguir, os gigantes e cabeçudos dos "Gigabombos do Imaginário" animarão as ruas da cidade antes de passar a um dos actos mais importantes da jornada, a Leitura Pública Contínua em Português, na qual participarão oliventinos de todas as idades lendo ou recitando na língua de Camões.

 

A manhã será encerrada com o folclore de La Encina de Olivenca e das Cantadeiras de Granja.

 

À tarde, às 17:30 h, será projectada no Espacio para la Creación Joven o filme O Leão da Estrela, e haverá actividade de animação nas ruas, e às 19:30 h. uma actuação dos alunos de português da escola pública Francisco Ortiz.

 

As actividades continuarão com o conta-contos "Estória da Galinha e do Ovo" e, como encerramento, o concerto "O Canto dos Poetas", ambos interpretados pela associação eborense "Do Imaginário".

 

Criada há mais de dois anos para promover a cultura portuguesa em Olivença, nas suas aldeias e em Táliga, a Associação Além Guadiana foi impulsionadora de diversas iniciativas no campo da língua, das tradições e, enfim, da cultura imaterial duma terra de rica história partilhada. Realizadas só dois dias depois do Dia de Camões em Portugal, as Lusofonias, que apresentam na sua imagem promocional referências a ícones como Amália Rodrigues, Fernando Pessoa e Vasco da Gama, pretendem reivindicar que Olivença também pertence ao espaço cultural lusófono.

 

Associação Além Guadiana

Antigo Largo de Stº António, 13

Olivença

www.alemguadiana.com

alemguadiana@hotmail.com

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 07:25

mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO