Elos Clube de Tavira

Outubro 28 2010

 

 

Tenho um amigo incondicional que se chama “Caramelo”. É um rafeirote baixinho, branco com malhas amareladas e com uma cara que delicia todas as Senhoras. Aos Sábados, pela manhã, vou passeá-lo para que varie dos cheiros do jardim cá de casa que ele já nem deve sentir. Um dos passeios de que o “Caramelo” mais gosta é ao “Jardim Guerra Junqueiro”, mais conhecido por Jardim da Estrela, ali bem à frente da basílica a que se segue uma ida à praia de Algés, mesmo ao lado da Torre de Belém; o programa acaba com uma passeata à trela ao longo do cais a que esteve durante anos atracada a restaurada fragata “D. Fernando”.

 

 (*)

Coreto do Jardim da Estrela

 

Eis como num ápice se passeia um cão frente às maiores glórias nacionais na poesia, na arquitectura e na tecnologia; mordomias exclusivas de quem tem casa em Lisboa. Não lhas explico porque ainda não dialogo com cães mas recordo sempre as condições históricas que criaram a iconoclastia do poeta republicano, a basílica da real gravidez, a epopeia dos descobrimentos e a língua portuguesa em Damão. Recordo essas realidades históricas sem rancores nem nostalgias, apenas procurando descortinar-lhes os fundamentos, já que hoje não somos nem mais nem menos inteligentes do que os de antigamente; apenas mudou o racionalismo. E hoje pensamos com tristeza na perda sucessiva de gerações de tão boa gente humilhada à grandeza falaciosa do despotismo, desses todos que nos governaram julgando que eram nossos donos em vez de nossos chefes. Olhando para trás, vemos como foram vãos os que quiseram mudar o país erigindo palácios na Serra de Sintra ou construindo naus em Damão com teca preciosa em vez de ensinarem os portugueses a ler e de cuidarem da nossa língua nos sertões africanos, na Costa do Malabar ou na foz do Rio das Pérolas. E quando lemos a revolta do poeta, não deixamos de pensar com tristeza na frustração que terá sido escrever num mar de analfabetos.

 

 (**)

Basílica da Estrela

 

Mas tudo mudou entretanto e finalmente o iluminismo chegou. Hoje, não temos amos que nos obriguem a erigir castelos para os seus prazeres privados, que mandem construir naus imponentes para exibição nas cortes europeias ou que nos imponham limites inquisitoriais à imaginação. Hoje, já somos donos de nós mesmos, não temos que exibir aquilo que não somos e eis que estamos na alta tecnologia automóvel, na aeronáutica, na arquitectura, na informática, no “design” e na literatura. Já lá vai a sociedade conformada com o destino que os poderes supremos lhe haviam determinado e hoje temos um português a presidir à União Europeia, a lusofonia já contando com quatro prémios Nobel e Portugal a passar por uma verdadeira catarse que em pouco tempo o fará ultrapassar as velhas razões do subdesenvolvimento.

 

 (***)

 Fragata «D. Fernando e Glória»

 

Os nossos governantes deixaram de ser Imperadores e nós passámos a fazer o que a razão nos aconselha convivendo com todos os povos em perfeita igualdade; já ninguém nos obriga a construir grandes e espaventosas naus e, afinal, até somos campeões a construir canoas. 

 

Henrique Salles da Fonseca

  (****)

Canoagem olímpica

 

NOTA EXPLICATIVA: Nas provas de canoagem dos recentes Jogos Olímpicos, as canoas de quase todas as equipas eram de concepção a fabrico português

 

(*) http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://www.meloteca.com/imagens/coretos/coreto-lisboa-estrela.jpg&imgrefurl=http://www.meloteca.com/coretos-lisboa-estrela.htm&usg=__WNaBO03Tudov39sCy5IZlmV9ws0=&h=400&w=600&sz=102&hl=pt-br&start=0&zoom=1&tbnid=fpmwdVd-xnNe4M:&tbnh=128&tbnw=169&prev=/images%3Fq%3DJardim%252Bda%252BEstrela%26um%3D1%26hl%3Dpt-br%26sa%3DN%26rlz%3D1T4SUNA_enPT292PT293%26biw%3D1020%26bih%3D535%26tbs%3Disch:10%2C115&um=1&itbs=1&iact=hc&vpx=466&vpy=220&dur=3625&hovh=183&hovw=275&tx=159&ty=119&ei=LorJTICzE8mI4gadu9WUAQ&oei=LorJTICzE8mI4gadu9WUAQ&esq=1&page=1&ndsp=15&ved=1t:429,r:12,s:0&biw=1020&bih=535

 

(**) http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://images.travelpod.com/users/bloomie/1.1283832521.estrela-basilica-bas-lica-da-estrela.jpg&imgrefurl=http://www.travelpod.com/s/estrela%2Bdo%2Bvau%2Bapartments&usg=__SIM1Xo-4i7cet1CdH3M3kV_V4b4=&h=413&w=550&sz=121&hl=pt-br&start=122&zoom=1&tbnid=08x9PUWIn0d1PM:&tbnh=115&tbnw=172&prev=/images%3Fq%3DBas%25C3%25ADlica%252Bda%252BEstrela%26um%3D1%26hl%3Dpt-br%26sa%3DG%26rlz%3D1T4SUNA_enPT292PT293%26biw%3D1020%26bih%3D535%26tbs%3Disch:1&um=1&itbs=1&iact=rc&dur=911&ei=rozJTJPxIMG88gb88vy4AQ&oei=-4vJTI3_Ec3N4gaAsumkAQ&esq=4&page=8&ndsp=16&ved=1t:429,r:2,s:122&tx=86&ty=81

 

(***)http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://ante-et-post.weblog.com.pt/Fragata%2520D%2520Fernando%2520II%2520e%2520Gl%25F3ria.jpg&imgrefurl=http://ante-et-post.weblog.com.pt/2007/05/cutty_sark_nem_tudo_esta_perdi_1&usg=__sS6m2wFx6GPM9GcK5WQSNrsb7pk=&h=450&w=600&sz=135&hl=pt-br&start=0&zoom=1&tbnid=hK_fAq5DsqpGRM:&tbnh=139&tbnw=203&prev=/images%3Fq%3DFragata%252BD.%252BFernando%26um%3D1%26hl%3Dpt-br%26sa%3DG%26rlz%3D1T4SUNA_enPT292PT293%26biw%3D1020%26bih%3D535%26tbs%3Disch:1&um=1&itbs=1&iact=rc&dur=551&ei=yI3JTOKiApeg4QbM_KWIAQ&oei=yI3JTOKiApeg4QbM_KWIAQ&esq=1&page=1&ndsp=15&ved=1t:429,r:0,s:0&tx=114&ty=92

 

(****) http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://www.baixaki.com.br/imagens/wpapers/BXK24776_2004_8_23_11_55_43_canoa_wa_23.08_2686800.jpg&imgrefurl=http://www.baixaki.com.br/papel-de-parede/9939-canoagem-equipe-olimpica-do-brasil-.htm&usg=__8Gcetjr8BDXogCHBUTdzMAe3xlg=&h=655&w=1024&sz=154&hl=pt-br&start=0&zoom=1&tbnid=-2Na5bo_gsuYcM:&tbnh=92&tbnw=144&prev=/images%3Fq%3Dcanoagem%252Bol%25C3%25ADmpica%26um%3D1%26hl%3Dpt-br%26sa%3DG%26rlz%3D1T4SUNA_enPT292PT293%26biw%3D1003%26bih%3D496%26tbs%3Disch:1&um=1&itbs=1&iact=hc&vpx=98&vpy=70&dur=481&hovh=179&hovw=281&tx=143&ty=108&ei=oY7JTNriG5C44gawpZ2SAg&oei=oY7JTNriG5C44gawpZ2SAg&esq=1&page=1&ndsp=18&ved=1t:429,r:0,s:0

 

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 15:29
Tags:

mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar
 
blogs SAPO