Elos Clube de Tavira

Outubro 07 2010

 

 

Como é possível imaginar uma sociedade justa, estável e, portanto, duradoura, constituída por cidadãos livres e iguais mas profundamente divididos pelos seus conceitos morais, filosóficos e religiosos que, com muita probabilidade, serão incompatíveis entre si? [1]

 

Sim, como fazer com que as pessoas se entendam sobre questões fundamentais, nomeadamente as suscitadas pelos progressos científicos?

 

Só há uma resposta: pondo-as à conversa.

 

Contudo, é imperioso que esse diálogo cumpra escrupulosamente algumas regras pré-definidas, tais como:

 

Ser cerimonioso – no sentido de que todos se devem abster de adjectivação insidiosa e de qualquer outra forma de agressão verbal;

Ser democrático – no sentido de que o direito de um é igual ao dos demais intervenientes;

Ser aberto – no sentido de que não há tabus e de que a todos é permitido dissertar sobre todos os temas em discussão;

Ser esclarecido – no sentido de que todas as afirmações devem possuir uma fundamentação (técnica, científica, filosófica e/ou religiosa);

Ser consensual – no sentido de que todos os intervenientes devem estar imbuídos de um espírito de convergência.

 

Eis por que nas democracias ocidentais vêm nascendo instituições encarregadas do debate das questões éticas colocadas pelos avanços da Ciência assumindo especial relevo matérias tão sensíveis como as relativas à vida.

 

E se já apresentámos o perfil do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida  [2]que em Portugal funciona junto da Assembleia da República, passemos ao exemplo francês cujo título é Comité Consultivo Nacional de Ética para as Ciências da Vida e da Saúde.

 

(continua)

 

Henrique Salles da Fonseca

 

BIBLIOGRAFIA: Changeux, Jean-Pierre – O debate ético numa sociedade pluralista, in UMA ÉTICA PARA TODOS, Ed. Instituto Piaget, 1999, pág. 16 e seg.

 

[1] - John Rawls, Liberalismo político, PUF, Paris, 1995

[1] - v. 5 textos em  http://elosclubetavira.blogs.sapo.pt ao longo de Julho de 2010

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 20:23
Tags:

mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar
 
blogs SAPO