Elos Clube de Tavira

Agosto 18 2010

 

 

Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,

Mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo.

E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver

Apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e

Tornar-se um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar

Um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um 'não'.

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

 

Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

 

 Fernando Pessoa

(Lisboa, 13 de Junho de 1888 - Lisboa, 30 de Novembro de 1935)

 

Amável colaboração de Maria do Rosário Cavaco Afonso

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 09:00
Tags:

Gosto muito mais desta filosofia do que da de Albert Camus: "(...) a questão era descobrir se a vida precisa de ter algum significado para ser vivida; ficou evidente que ela será vivida melhor se não tiver significado".
Creio que Fernando Pessoa tem toda a razão e que o pós-modernismo de Camus é um erro enorme.
Henrique Salles da Fonseca
Henrique Salles da Fonseca a 18 de Agosto de 2010 às 09:51

mais sobre mim
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


25
26



pesquisar
 
blogs SAPO