Elos Clube de Tavira

Agosto 04 2010

 

 

MUKAI*

 

1

Corpo já lavrado

equidistante da semente

é trigo

é joio

milho híbrido

massambala

 

resiste ao tempo

dobrado

exausto

sob o Sol que lhe espiga

a cabeleira.

 

2

O ventre semeado

deságua cada ano

os frutos tenros

das mãos

(é feitiço)

nasce a manteiga

a casa

o penteado

o gesto

acorda a alma

a voz

olha pra dentro do silêncio milenar.

 

3

Um soluço quieto

desce

a lentíssima garganta

(rói-lhe as entranhas

um novo pedaço de vida)

os cordões do tempo

atravessam-lhe as pernas

e fazem a ligação terra.

 

Estranha árvore de filhos

uns mortos e tantos por morrer

que de corpo ao alto

navega de tristeza

as horas.

 

4

O risco na pele

acende a noite

enquanto a lua

(por ironia

ilumina o esgoto

anuncia o canto dos gatos)

De quantos partos se vive

para quantos partos se morre

um rito espera-se faca

na garganta da noite

 

recortada sobre o tempo

pintada de cicatrizes

olhos secos de lágrimas

Domingo, organiza a cerveja

de sobreviver os dias. 

 

 Ana Paula Tavares

 http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_africana/angola/img/ana_paula_tavares.jpg&imgrefurl=http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_africana/angola/ana_paula_tavares.html&usg=__uPiXHy-We8vSxxzqlyRaW6xCHVA=&h=175&w=262&sz=11&hl=pt-BR&start=1&tbnid=cLeamZbuMftMOM:&tbnh=75&tbnw=112&prev=/images%3Fq%3DAna%252BPaula%252BTavares%252BAngola%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DN%26rlz%3D1T4SUNA_enPT292PT293%26biw%3D967%26bih%3D415%26tbs%3Disch:1&um=1&itbs=1

 

* Mukai = mulher

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 09:21
Tags:

mais sobre mim
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


25
26



pesquisar
 
blogs SAPO