Elos Clube de Tavira

Julho 13 2010

 

 

RECORDANDO O 13 DE JULHO DE 1985…

 

Do Jornal “Lestalgarve” de 5 de Agosto de 1985, que à data se publicava em Tavira, vamos respigar o essencial da notícia respeitante à entrega da Carta Constitutiva ao Elos Clube de Olhão:

 

No dia 13 de Julho, a cidade de Olhão esteve em festa. Porque além da recente euforia da sua justa passagem a cidade, acontecida dias antes, assistia-se à criação do Elos Clube local.

 

Assim o disse o Presidente da Câmara Municipal, João Bonança, ao referir-se ao facto, relevante, de se tratar da primeira cerimónia oficial realizada em Olhão-Cidade. Assistiram aos actos o Presidente do Elos Internacional da Comunidade Lusíada, Dr. Jorge Guerreiro, o Vice-Presidente para a Expansão, Dr. António Pedro Cabrita, o Provedor de Justiça, Dr. Ângelo de Almeida Ribeiro, os Presidentes dos Elos Clube de Lisboa e de Tavira, respectivamente, Drs. José Maria Gonçalves Pereira e Jorge Augusto Correia, o Governador do Distrito Elista nº. 28, Avelino Viegas, elistas de outros clubes já formados ou em formação.

 

De toda a ilustrada participação, foram anfitriões o Presidente da Câmara Municipal de Olhão, João Bonança e o Presidente do novo Clube, José Raminhos Correia Dourado.

  João Bonança e Jorge Guerreiro descerram placa toponímica

 

 

(…) Depois de uma missa de acção de graças, a sessão de boas vindas teve lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal. Seguidamente, numa artéria nova de Olhão, frente à Escola do Ciclo Preparatório, foi inaugurada a Rua da Comunidade Lusíada, cuja placa foi descerrada, em conjunto, pelo Presidente do Município e pelo Presidente do Elos Internacional.

 

(…) Na tarde, dando sequência ao programa, o Provedor de Justiça proferiu uma palestra que intitulou “O futuro da Língua Portuguesa”, focando interessantes aspectos da propagação do “português” e da existência de vocábulos de origina lusa nos mais distantes confins do mundo.

 

Durante o jantar que se seguiu, depois do juramento e da imposição de distintivos aos companheiros do novel Elos Clube, procedeu-se à outorga da Carta Constitutiva, acto de que se encarregou o Presidente Internacional.

 

(…) Todos os oradores se referiram ao interesse da expansão elista, justificado pela aproximação das Comunidades lusíadas espalhadas por todos os Continentes, função que o Movimento preconiza, deseja e, no seu modo muito próprio, já realiza.”

 

____________

 

Hoje, o que há a acrescentar à notícia são os votos de longa continuidade no pensamento e na acção dos Companheiros elistas que ao longo destes 25 anos deram ao Elos Clube de Olhão a dignidade e o prestígio que todos lhe reconhecem.

 

Luís M. de Mello e Horta

Presidente da Mesa da Assembleia Geral do

              Elos Clube de Tavira

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 16:48
Tags:

Jubileu de Prata do Elos Clube de Olhão (PT) é sinônimo de competência somada à sensibilidade. É preciso valorizar o feito de 13 de julho de 1985. Afinal, o Elos Internacional da Comunidade Lusíada recebeu um clube valoroso, que o dignifica.
Em Mensagem específica à Presidente CE Armanda Horta Dourado e demais membro elistas esta Presidência enaltece os seus feitos no decorrer desses 25 anos de excelentes trabalhos executados em Olhão a bem do Elismo.
Percebe-se pelo seu caminhar que o Elos Clube de Olhão estabeleceu-se adequadamente e a sua sedimentação é vsíivel.
Parabéns!
Saudações elistas
CE Maria Inês Botelho-RPESINT
Maria Inês Botelho a 13 de Julho de 2010 às 23:33

mais sobre mim
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar
 
blogs SAPO