Elos Clube de Tavira

Fevereiro 12 2010

 

 
Anos de fundação dos Hospitais de apoio à navegação
(quando no mesmo ano, numeração pelo critério da distância a Tavira)
 
 
 
1.     Tavira – 1430
2.     Safim (Marrocos) – 1486
3.     Tânger – 1516
4.     Arzila – 1516
5.     Santa Cruz do Cabo de Gué (Agadir, na actualidade) – 1505
6.     Ilha de Santiago (Cabo Verde) – 1497
7.     S. Jorge da Mina (actual Gana) – 1498
8.     S. Tomé – 1504
9.     Bahia – 1510 (cerca de)
10. Sofala (Moçambique) – 1505
11. Ilha de Moçambique – 1507
12. Quilôa (actual Tanzânia) – 1505
13. Melinde (Zanzibar) – 1511
14. Cochim (Índia – actual Estado de Kerala) – 1505
15. Cananor (Índia – actual Estado de Kerala) – 1506
16. Baçaim (Índia – actual Estado de Maharastra) – 1512*
17. Goa (Índia – actual Estado de Goa) – 1512
 
CONCLUSÃO: Tavira já foi o centro da Lusofonia
 
Dará para imaginar no que nessas épocas remotas consistiam os hospitais e que medicina neles se praticava …
 
Fossem quais fossem, eram os tratamentos que à época se conheciam mas a higiene devia ser bem duvidosa. Normalmente, aproveitavam-se umas casas que estivessem livres e de que o Alcaide ou Governador militar pudessem dispor nelas autorizando a entrada de doentes que se recolhiam a montes de trapos a que chamavam enxerga. Era sobre esses trapos que se derramavam os humores sempre fétidos só que alguns purulentos e outros apenas orgânicos. Dá para imaginar...
 
Quem desses doentes tratava eram religiosos que tudo faziam por amor a Deus pois outro sentimento não poderá ser invocado no meio de tanta pústula, escara, febre e gemido. Era pois necessário que os religiosos seguissem os mareantes. Sobretudo a partir do momento em que pelo ano de 1434 Gil Eanes dobrou o Cabo Bojador e em que a evacuação de doentes para Portugal deixava de ser possível sem acrescidos riscos na sobrevivência do infeliz. A expansão da Fé passou a ser anunciada como um objectivo das descobertas portuguesas mas não restam muitas dúvidas de que só assim é que se conseguiria convencer a Igreja a acompanhar esses meio azougados aventureiros que estavam sobretudo interessados no ouro da Mina e na segurança dos curativos hospitalares.
 
Assim contamos 17 hospitais entre Tavira e Goa. Ficam por contar os que se instalaram para lá da Índia. 
 
 Henrique Salles da Fonseca
 
NOTA: O Hospital de Todos os Santos, em Lisboa, data de 1498

* - o ano de instalação do Hospital em Baçaim não pode estar correcto pois aquela praça só passou a ser portuguesa em 1533; peço ajuda a quem me consiga informar do que for considerado correcto

publicado por Henrique Salles da Fonseca às 10:06

RECEBIDO POR E-MAIL:

Presidente do Elos Clube de Tavira, CE Salles Fonseca:
Tem sido de muito aproveitamento o aprendizado cultural que essa nossa aproximação, através do Elos Internacional, proporcionou.
A cada momento tem-se informações novas, que vem diferenciar o patamar em que me acho colocada.
A amizade, o companheirismo trazem, em seus bojos, faces de entrelaçamento.
Que bom que as relações humanas perpassam esse universo. Aproximamo-nos. Agora é momento de avançarmos nas ações, para aprofundarmo-nos nesses conceitos essenciais às nossas vidas em comunidade.
Parabéns pelas ações já encetadas! O êxito de cada empreitada mostrará, ainda mais, o valor do Elos Clube de Tavira para o fortalecimento do Elos Internacional.
Repasse a todos os membros desse importante clube da Constelação Elista o meu respeito e admiração pelo trabalho que desempenham e que esta Presidência está, diuturnamente, à disposição dos elistas.
Saudações elistas.
CE Maria Inês Botelho-PRESINT
Henrique Salles da Fonseca a 12 de Fevereiro de 2010 às 17:22

Muito Prezada Presidenta Internacional, Companheira Maria Inês Botelho:
Sempre amável e incentivadora nos seus comentários, eis-nos a todos empenhados no cumprimento da dimensão universal que a lusofonia tem que readquirir no século XXI.
As diferenças só podem unir-nos num enriquecedor espírito de complementaridade.
Abraço, saudações elistas,
Henrique Salles da Fonseca

Naqueles tempos das descobertas uma das primeiras preocupações dos conquiatadores era a construção, mesmo que de adobe, de um hospital que normalmente entregavam à Irmandade da Mesiricória.
Em todo o lugar onde chegavam erigiam uma Misericórdia, porque normalmente já chegavam ao destino uma boa parte da tripulação, além dos logo ficavam doentes com os climas inóspitos onde Portugal se ia instalando: África, Oriente e Brasil.
Como no Rio de Janeiro, cidade fundada em 1565, onde Estácio de Sá construiu logo uma capela, invocação de São Sebastião e uma mesiricórdia; pouco depois o Hospital Geral foi fundado em 24 de março de 1582 pelo sacerdote José de Anchieta, para acudir aos homens da frota de Diogo Flores Valdez. Com destino ao Estreito de Magalhães, a tripulação foi atacada pela peste e aportou no Rio de Janeiro, e aqui foraqm tratados.
A história continua, mas a sua pesquisa e divulgação têm que continuar centrada em Tavira.
Um abraço
Francisco G. de Amorim
Francisco Amorim a 13 de Fevereiro de 2010 às 13:39

A História tem que ser contada como ela decorreu e não com centralidades que eventualmente não teve. Tavira foi o centro desse sistema até que foi passado o Cabo Bojador e a evacuação de doentes e feridos para Tavira deixou de fazer sentido.
O que podemos é hoje imaginar uma corrente cujos elos sejam as localidades (cidades?) onde alguma vez houve hospitais de apoio às navegações portuguesas. É um critério como outro qualquer para trazer de volta ao convívio lusófono esses « portugueses abandonados».
Continuemos...
Henrique Salles da Fonseca

RECEBIDO PELO FACEBOOK:

Maria José Leite e Felisberto Ramos gostam disto.
Henrique Salles da Fonseca a 27 de Maio de 2012 às 15:21

RECEBIDO PELO FACEBOOK:

Bruno D'mello gosta disto.
Henrique Salles da Fonseca a 27 de Maio de 2012 às 17:02

RECEBIDO PELO FACEBOOK:

Joaquim Pedro (United States Air Force) e Ganganeli Pereira (Porto) gostaram disto
Henrique Salles da Fonseca a 27 de Maio de 2012 às 21:02

RECEBIDO PELO FACEBOOK:

Sandra Jardim gosta disto.
Henrique Salles da Fonseca a 31 de Maio de 2012 às 22:10

RECEBIDO PELO FACEBOOK:

A cronologia de S.João de Deus diz que os Hospitais da Ordem, na India , foram fundados nos seguintes anos : Em Goa 1685 ; em Baçaim em 1686; em Diu 1687 ........!
Luis Santana
Henrique Salles da Fonseca a 1 de Junho de 2012 às 14:17

RECEBIDO VPELO FACEBOOK:

Keith Xavier de Herédia gosta disto
Henrique Salles da Fonseca a 21 de Junho de 2014 às 07:36


RECEBIDO PELO FACEBOOK:

Keith Xavier de Herédia e Luis de Azevedo gostam disto
Henrique Salles da Fonseca a 24 de Junho de 2014 às 21:56

Armando Ferrão e Michelle Oliveira da Silva gostam disto.
Henrique Salles da Fonseca a 20 de Agosto de 2014 às 21:41

mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





pesquisar
 
blogs SAPO